Como chegar | Islândia Brasil



COMO CHEGAR

Sim, é fácil! E não tão caro quanto se pensa.

O melhor modo de se chegar à Islândia, a partir do Brasil, é pegar um voo para qualquer capital europeia e fazer uma conexão para a Islândia. Cidades com conexões diretas, saindo do Brasil são: Madri, Londres (Heathrow), Paris (Charles de Gaulle), Milão, Amsterdã e Frankfurt. Também é possível ir pela América do Norte (apesar de geralmente mais caro). Caso você tenha um visto americano, é possível fazer a conexão nos Estados Unidos (Nova York, Washington ou Orlando) ou no Canadá (Toronto). Todos esses destinos acima possuem voos diretos para a Islândia.

Praticamente todos os voos internacionais chegam no Aeroporto Internacional de Keflavík (KEF), que fica a mais ou menos 50km de Reykjavík. Até pouco tempo, somente a Icelandair e a Iceland Express voavam para a Islândia, mas devido ao aumento no número de turistas, outras companhias aéreas passaram a voar para o país. Um voo dura em média 3 horas a partir da Europa continental, e cinco horas a partir dos Estados Unidos. A alta estação (para questão de disponibilidade de rotas e tarifas mais altas) é de junho a agosto, além das duas semanas que precedem o Natal e mais duas semanas após o Ano Novo.

Companhias aéreas


A Icelandair (icelandair.com) voa para Keflavík a partir dos Estados Unidos (Tampa, Filadélfia, Seattle, Denver, Minneapolis, Orlando, Washington, Nova York, Boston), Alaska (Anchorage), Canadá (Toronto, Halifax e Edmonton), Reino Unido (Londres, Manchester, Glasgow), Espanha (Madri, Alicante, Barcelona), França (Paris), Itália (Milão), Bélgica (Bruxelas), Holanda (Amsterdã), Alemanha (Munique, Frankfurt, Hamburgo), Dinamarca (Copenhagen, Billund), Noruega (Oslo, Stavanger, Bergen, Trondheim), Suécia (Gotemburgo, Estocolmo), Finlândia (Helsinque), Rússia (São Petersburgo) e Suíça (Zurique).

A Icelandair não possui acordo de codeshare com nenhuma companhia aérea brasileira, o que resulta em ter que comprar bilhetes separados. Também o pagamento não pode ser parcelado no trecho Europa – Islândia – Europa. Para os que querem viajar um pouco mais, saiba que a Icelandair era conhecida como a "companhia aérea dos hippies" nos anos 1960 e 1970, pois era (e ainda é) o modo mais barato de se viajar entre os Estados Unidos e a Europa, com uma parada gratuita (stopover) na Islândia de até sete dias.

Até 2012, a única empresa com modelo de baixo custo da Islândia era a Iceland Express. Porém em junho do mesmo ano começou a operar a WOW Air, também de baixo custo (e uniformes extravagantes). A nova companhia acabou por comprar a Iceland Express e assumiu todos os seus voos (abaixo está o mapa de rotas da WOW Air). Para visualizar os preços, acesse o site da companhia aérea, em wowiceland.co.uk, em inglês.

A companhia aérea de baixo custo britânica EasyJet (easyjet.com) também voa para a Islândia. Inicialmente ofertando voos de/para Londres (aeroporto Luton), hoje também voa para Edimburgo (Escócia) e Manchester (Inglaterra).

A SAS (Scandinavian Airlines) voa para Keflavík a partir de Oslo; vale a pena ver os preços, muitas vezes batem os praticados pela Icelandair. Mas vale lembrar que preços de passagens para a Islândia variam muito, e até mesmo uma companhia de baixo custo como a WOW Air pode ser, em um determinado dia, mais cara que a SAS ou Icelandair. A norueguesa Norwegian Air Shuttle (norwegian.com) começou a voar para Keflavík em 2012 também a partir de Oslo; é uma companhia de baixo custo.

A Atlantic Airways (atlanticairways.fo) conecta as Ilhas Faroe à Europa e Islândia, e é bem útil para aqueles que irão visitar o arquipélago no caminho para a Islândia ou voltando de lá. A Air Iceland também voa para as Ilhas Faroe (Vágar), mas a partir do aeroporto central de Reykjavík. Também possui voos durante todo o ano para várias localidades da Groenlândia (Ilulissat, Ittoqqortoormiit, Kulusuk, Narsarsuaq, Nuuk).

Durante a alta temporada, entretanto, a oferta de voos e companhias aéreas é muito maior. No momento, as seguintes companhias possuíam voos de alta temporada de/para a Islândia: Air Berlin, Air Greenland, Austrian Airlines, Delta Airlines, Germanwings, Lufthansa, Niki, Primera Air, Thomas Cook Airlines e Transavia.

Chegando no Aeroporto Internacional de Keflavík


O Aeroporto Internacional de Keflavík (kefairport.is), algumas vezes chamado de "Terminal Aéreo Leifur Eiríksson" ou "Aeroporto de Reykjavík", apesar de a capital islandesa possuir um pequeno aeroporto próprio, foi recentemente renovado completamente, o aeroporto recebe milhões de passageiros por ano. No desembarque, é necessário passar por uma verificação de segurança antes de passar pela alfândega e imigração. Entretanto, para quem vem de voo dos outros países da Europa do espaço Schengen (quase todos os principais, com exceção do Reino Unido), seu voo será considerado doméstico, e você não passará sequer por imigração na Islândia. Entretanto, poderá ter que abrir sua mala para um fiscal que aleatoriamente está presente após a retirada da bagagem.

Para informações sobre caixas eletrônicos, consulte a página Dinheiro e custo de vida. O aeroporto possui um balcão de informações turísticas, com várias brochuras e panfletos, mas os funcionários não podem fazer reservas de hotel. O aeroporto também possui várias lojas de aluguel de automóvel. Veja mais em Viajando pela Islândia.

Dica: os preços das bebidas alcoólicas no aeroporto podem parecer altos, mas eles são bem mais baixos do que em qualquer lugar na Islândia; então considere comprar algo no duty free antes de sair do aeroporto. A Icelandair proíbe que álcool seja levado na bagagem de mão, então se você está viajando com a Icelandair e quer comprar no duty free, espere até Keflavík. A alfândega te limita a um litro de vinho ou 6 litros de cerveja, além de um litro de destilados. Se você não estiver levando cerveja ou destilados, você pode levar 2 litros e meio de vinho.

Documentos para entrada


Passaportes

Todos os visitantes à Islândia precisam ter um passaporte, válido por pelo menos seis meses após a data de retorno marcada. Todos os cidadãos brasileiros, de todas as idades, necessitam do passaporte para viajar para o exterior.

Vistos

Se sua viagem para a Islândia durará menos de 90 dias, não há necessidade de visto para brasileiros. A Islândia é signatária do Acordo de Schengen, que inclui: Alemanha, Áustria, Bélgica, Dinamarca, Espanha, Finlândia, França, Grécia, Holanda, Itália, Luxemburgo, Noruega, Portugal e Suécia. Cidadãos desses países não necessitam de visto.

Trabalho

É proibido o trabalho para brasileiros. Portugueses podem conseguir emprego na Islândia legalmente.

Vacinas

Nenhuma vacina é obrigatória para ingressar na Islândia. Para mais informações, leia a página Saúde e segurança.