Informações para a viagem: Dinheiro e custo de vida | Islândia Brasil



INFORMAÇÕES PARA A VIAGEM

DINHEIRO E CUSTO DE VIDA

A Islândia é um país rico que depende muito das importações; mas a R$ 360 por noite em um hotel simples, R$ 30 por hambúrgueres e R$ 24 pela cerveja, os preços na Islândia podem ser um pouco chocantes. Os altos preços afetam aos islandeses também: voos charter para a Europa e para os Estados Unidos são arranjados somente para compras (como ocorre também aqui no Brasil). Lembre-se de que os estrangeiros podem receber o imposto pago sobre determinadas compras (o VAT).

Moeda


A moeda da Islândia é o krona, sempre abreviado como ISK, algumas vezes escritos como "kr.". O plural se fala kronur. Existem moedas de 1, 10, 50 e 100 kronur; as notas são de 500, 1.000, 2.000 e 5.000 kronur. Os preços apresentados em real e euro aqui no site refletem uma taxa de câmbio mediana da moeda em relação às outras moedas. Nenhum preço deve ser levado ao pé da letra e sempre deve ser verificado e confirmado. É fácil trocar dólares ou euros por kronur na Islândia. Mas lembre-se: devido à crise econômica de 2008 no país, desde 2010 o câmbio de moeda islandesa ficou muito prejudicado, e a prática de troca está pouco a pouco sendo normalizada. Caso você esteja vindo de um aeroporto dos países da Escandinávia, provavelmente será mais fácil trocar (como no aeroporto de Oslo, por exemplo, o krona é disponibilizado). No retorno, é aconselhável trocar tudo que você tiver de moeda islandesa por outra, ainda no aeroporto de Keflavík. A taxa de câmbio no banco Landsbanki é razoável.

Caixas eletrônicos / câmbio


Como mencionado, trocar krona islandês era fácil em alguns países da Europa até pouco depois da crise. Hoje, não é mais assim. O modo mais prático de obter a moeda islandesa é utilizar um caixa eletrônico (atenção para os altos impostos cobrados por esse tipo de operação para os brasileiros). Na chegada ao Aeroporto Internacional de Keflavík, você encontrará facilmente caixas eletrônicos e a casa de câmbio, ambos do banco Landsbanki Íslands, que possui taxas de câmbio razoáveis. Não troque dinheiro nos hotéis, eles sempre têm taxas altíssimas. Qualquer banco islandês faz câmbio sem nenhuma dificuldade. Todos falam inglês.

Os caixas eletrônicos podem ser encontrados na maior parte dos vilarejos por toda a Islândia, apesar de nem todos funcionarem 24 horas. Os caixas eletrônicos islandeses geralmente aceitam todos os cartões de débito e crédito. Procure sempre pelo símbolo da Cirrus, bandeira do MasterCard para saques no exterior (se você possuir esse cartão), ou da PLUS, bandeira do Visa para saques.

Cartões de crédito e débito


Os cartões de crédito são seguros, convenientes e geralmente oferecem boas taxas de câmbio. Entretanto, para brasileiros ultimamente o cartão tem sido um incômodo, em se falando de utilizá-lo no exterior: para cada compra é cobrado o Imposto Sobre Operações Financeiras (IOF), que atualmente passa dos 6%.

Na Islândia, você precisará de uma senha para fazer saques do cartão de crédito. Geralmente ela é de quatro dígitos e corresponde aos quatro primeiros números de sua senha bancária no Brasil. Você não irá precisar de senha para a maior parte das compras com cartão, mas às vezes acontecerá de a senha ser solicitada (a mesma mencionada anteriormente). Se você se esquecer de qual é sua senha, basta ligar para o número de telefone que consta no verso do seu cartão e após responder a algumas perguntas de segurança, ele será dito a você.

Os islandeses amam cartões de crédito e débito, e compram até um sorvete em casquinha com o cartão. Quase todas as lojas e estabelecimentos turísticos aceitam cartões; você poderá pagar até mesmo a corrida de táxi com cartão. Visa e MasterCard são os mais aceitos, apesar de American Express e Diner’s Club também serem aceitos em alguns locais. As modalidades de débito (Electron, Maestro etc.) estão sendo cada vez mais aceitos no comércio.

Traveler’s cheques


Nos dias atuais, não há necessidade de se viajar com essa modalidade de pagamento, pois a maioria das cidades possui caixas eletrônicos 24 horas. Entretanto, para quem prefere viajar com os famosos cheques de viagem, não há problema – eles são bem aceitos na Islândia.