Você sabia? | Islândia Brasil



VOCÊ SABIA?

  • O islandês é uma das línguas mais antigas (e intocadas) da Europa. Até hoje os islandeses podem ler escritos medievais sem problemas.
  • Os islandeses são muito orgulhosos de sua descendência viking, e a preservaram na forma de arte, música e festivais.
  • A taxa de alfabetização na Islândia é de 99,9% - a maior do mundo.
  • A Islândia é um dos países menos populosos da Europa, com 320 mil habitantes.
  • Em 1980, os islandeses elegeram Vigdís Finnbogadóttir, a primeira mulher chefe de estado eleita no mundo.
  • Em 2009, tomou posse na Islândia a primeira chefe de governo assumidamente homossexual do mundo, Jóhanna Sigurðardóttir.
  • Não existem mosquitos e formigas na Islândia.
  • A Islândia possui duas vezes mais ovelhas do que humanos em seu território.
  • A Islândia é a segunda maior ilha da Europa.
  • Em torno de 60% da população da Islândia vive na capital, Reykjavík.
  • A expectativa de vida na Islândia é uma das maiores do mundo.
  • Os islandeses não possuem sobrenomes. Ao invés disso, eles utilizam o nome de seu pai e adicionam "son" para homens e "dóttir" para as mulheres. Por exemplo, se uma pessoa tem um pai de nome Jón, se o filho for homem, o último nome será Jónsson. Se for mulher, Jónsdóttir.
  • Como os islandeses não possuem sobrenomes, a lista telefônica é organizada pelo primeiro nome da pessoa e profissão.
  • A Islândia possui o maior número de escritores e artistas per capita no mundo.
  • Duas palavras bem conhecidas da língua portuguesa são islandesas: "saga", uma história de conquista e difícil; e "gêiser" (no islandês, geysir).
  • A água islandesa é tão limpa e pura que é levada da natureza às torneiras das casas diretamente, sem nenhum tipo de tratamento (não há necessidade de cloro também).
  • As casas urbanas da Islândia não precisam de aquecimento de água. Vapor e água quente são bombeados para as cidades a partir de fontes geotérmicas naturais.
  • A baleia orca Keiko, que ficou conhecida como "Willy" no filme Free Willy, foi capturada em 1976 na costa da Islândia.